HIGHDESIGNEXPO is part of the Global Exhibitions Division of Informa PLC

This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 3099067.

BLOG
5 INSIGHTS PARA O MERCADO DE DECORAÇÃO, REFORMA E MOBÍLIA

Conteúdo extraído da palestra de Yun Ha Cha, gerente de novos negócios do Google


O Brasil está online: atualmente são 120 milhões de pessoas conectados. A internet no país é democrática. 64% dos brasileiros com acesso à internet pertencem às classes C, D, E.

A rotina do consumidor mudou com a expansão da internet. Segundo informações do Emarketer, o tempo gasto no digital hoje é três vezes maior que o tempo gasto na TV, chegando a 42.1 horas por semana no digital e 13.2 horas na televisão. Isso sem contar que 6 em cada 10 espectadores da TV usam smartphones ou tablets simultaneamente.

O consumidor está no controle. Eles escolhem o conteúdo e as plataformas onde, como e quando vão assistir, interagir e até produzir os vídeos que mais gostam. Mesmo os conteúdos da TV passam a ser consumidos dentro desta lógica. Este é o universo do vídeo digital onde as pessoas estão cada vez mais tempo conectadas à internet, nos devices que são mais convenientes para elas.

Com base nessas mudanças de comportamento, o Google preparou 5 insights para a indústria e varejo de decoração, reforma e mobília:

Insight #1: o consumidor de móveis está cada vez mais online

E 2011, apenas 43% dos compradores de móveis, artigos de decoração e reforma acessavam a internet diariamente. Em 2016, esse número subiu para 72%.

O tempo médio que este consumidor está conectado é de 3 horas e 46 minutos por dia. Em relação às buscas online, mais de 40% neste segmento acontecem até maio. A partir de julho, a busca por móveis, cama mesa e banho e decoração ganham destaque.

 


O engajamento é tão grande que em um ano foram mais de 65 milhões de visualizações no You Tube neste segmento. Os vídeos mais assistidos de uma marca são How To (como fazer).

O consumo desses conteúdos é multiplataforma com uma relevante participação do mobile, representando 55% do watchtime dos principais canais de móveis e decoração e 50% do volume de buscas.

Insight #2: janela longa de decisão resulta em um consumidor muito mais bem preparado

Segundo pesquisa do Google com pessoas que compraram móveis nos últimos 6 meses, 94% dos que pesquisam online antes de comprar olharam sites de dois ou mais varejistas antes de efetuar a compra e 20% dos internautas pesquisam por dois ou mais meses antes de comprar.

 



Insight #3: há grande oportunidade para as marcas nesse mercado

As marcas ainda não respondem às necessidades dos consumidores: 93% das buscas por móveis não estão relacionadas a nenhuma marca.



Insight #4: os meios digitais influenciam cada vez mais o tráfego nas lojas físicas

A jornada do comprador de móveis começa online e na maior parte das vezes termina offline:

• 73% das pessoas pesquisam online antes de comprar móveis online ou offline.
• 39% das compras de móveis começam online e terminam na loja física. 32% pesquisam e compram online.
• 45% dos internautas afirmaram que o digital tornou sua compra na loja física muito mais fácil e rápida.

Dentro de uma loja física, as atividades que as pessoas mais realizam em seus smartphones são:
• 40% tirar fotos dos produtos
• 38% comparar preços
• 34% saber mais detalhes do produto
• 24% comparar produtos

Insight #5: buscas locais ganham cada vez mais relevância para o comprador de móveis e material de construção

De 2014 a 2016 as buscas referentes ao termo “entrega rápida” cresceram 34% dentro do mercado de móveis e decoração; 145% referentes à “lojas e estabelecimentos perto de mim” e 149% “retirada em loja”. As buscas locais com os termos das lojas são maiores no fim de semana e feitas em sua maioria por smartphones.

Por onde começar?



Não existe 100% de sucesso em nenhum dos canais onde as marcas estão presentes, mas estar presente e ter uma comunicação coesa em vários canais consegue fortalecer a presença da sua marca no cotidiano do consumidor.

E por onde começar a ter relevância no segmento dentro do ambiente online?
Por uma boa página web.


Por isso, as organizações devem pensar em sites cada vez mais relevantes, com conteúdos próprios e que realmente sejam um bom cartão de visitas da empresa. Responsividade passou de ponto extra a premissa.

• Há uma probabilidade 5 vezes maior das pessoas saírem de um site que não é otimizado para celular.
• Quase metade dos visitantes abandona um site em dispositivos móveis se as páginas não carregam em 3 segundos.
• 9 em cada 10 pessoas dizem usar várias telas para realizar tarefas cotidianas.

R. Bela Cintra, 967 _ 11
01415-003 _ São Paulo, Brasil

MAPA DO SITE   CONTATO